Tempo de partilha

Reset por Dra. Alexandra Almeida #10 “Mãos ao alto, isto é um abraço”

O que torna um abraço tão especial?

Por que motivo quanto mais apertado ele é mais alivio provoca?

Sabes o que acho? Há coisas que não precisam de ser explicadas, só mesmo sentidas.

Qualquer tentativa nesse sentido ficaria aquém daquilo que verdadeiramente corresponde um abraço. Há coisas que a lógica não entende nem consegue explicar, e ainda bem. Vivemos tão absorvidos pela nossa mente racional que precisamos por vezes de uma pausa. Hoje em dia tudo parece necessitar de uma explicação, caso contrário é passível de ser rejeitado. Chego à conclusão que na vida as melhores coisas são mesmo aquelas que não podem ser explicadas, e o abraço é uma delas.

O Abraço foi sem sombra de dúvidas uma das “invenções” mais poderosas que poderia ter sido criada, pois de forma simples e sentida dois corações se encostam e falam entre si, numa linguagem onde as palavras deixam lugar aos silêncios curadores, e onde todos os sentimentos são transferido como por magia. Abraçar no fundo é dizer com o corpo o que as palavras não conseguem, porque nem sempre existem palavras para se dizer tudo.

A melhor definição de abraço que li até à data de hoje foi a do João Deoderlein quando este diz que se trata do golpe mais efetivo sobre a saudade.  É quando as pessoas se encaixam perfeitamente umas nas outras, quando as almas se beijam. A melhor forma de se salvar alguém da tristeza…pois abraçar é sorrir com os braços.

E no fundo é isto. Abraçar aconchega, reconforta e curiosamente quando mais apertado o abraço é, mais alívio provoca na pessoa que o recebe. Há contrasensos na vida que são simplesmente perfeitos e de outro mundo, e este será provavelmente um deles. Assim sendo, os abraços deveriam ser mesmo os únicos apertos que deveríamos passar ao longo da vida.

18946982_1411278848941347_737633316_o

Digo e continuarei a dizer que o melhor lugar do mundo será mesmo dentro de um abraço, e por isso nunca deveremos deixar de o visitar o maior de vezes possível. Abraça alguém sempre que o desejares, porque não são precisos motivos válidos para o fazer.

A vida é tão curta que não devemos desperdiçá-la com coisas fúteis. Na simplicidade de um abraço conseguirás transmitir à outra pessoa todo o Amor que tens por ela e este será sem sombra de dúvidas o melhor presente que lhe poderás dar algum dia, e sabes por quê? Porque será o único presente capaz de sair do teu coração.

 

Deixo-te ainda um conselho:

Nunca tenhas medo de dizer: Preciso de um abraço, com ou sem experiência…

Categorias:Tempo de partilha

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s